Webinar: Descoberta do Perfil Profissional

Olá pessoinhas da Terra! Estamos aqui para falar de um assunto MA-RA-VI-LHO-SO! No dia 12 de abril rolou um Webinar incrível sobre Descoberta do Perfil Profissional no Canal do YouTube do Bettha! 

O esquema foi o seguinte: recebemos as perguntas de vocês pelas nossas redes sociais, e respondemos todas ao vivo! Foi demaaais

O que rolou nesse Webinar?

O tema da semana desse Webinar foi Descoberta do Perfil Profissional.  

Para responder as perguntas de vocês sobre o assunto, contamos com a presença da Renata Magliocca, profissional de Recursos Humanos com muuuitos anos de carreira e muita experiência para compartilhar!

Ela é ninguém mais ninguém menos que uma das responsáveis pela criação dos perfis Bettha. Não existe ninguém melhor no mundo para falar sobre perfis profissionais que a Renata, né non? 

Como mandar dúvidas? 

Caro Xóvem, recebemos suas dúvidas no nosso Instagram (@betthaoficial) – deixamos a caixinha de perguntas lá nos nossos stories! -, no nosso Facebook e claro, pelos comentários da transmissão do YouTube!  

Essa transmissão vai ficar disponível para todo o sempre lá no nosso canal, então, se você perdeu a hora, não tem desculpa para não assistir, okay? Okay!

Vão rolar mais Webinares? 

SIM, JOVEM PADAWAN! Você terá várias oportunidades para aprender muuuito, tirar dúvidas e se tornar um Mestre Jedi do mercado de trabalho!  

Vamos fazer uma série de Webinares toda terça-feira, e vamos divulgar os temas do seguinte toda quinta-feira. JÁ É BETTHA CAREER EXPERIENCE, BEBÊ!

Tô perdidão, o que é Bettha Career Experience

Bettha Career Experience (BCE, para os íntimos) é uma experiência de carreira que vai te deixar mais preparado para os desafios do mercado de trabalho!  É uma jornada online de 6 semanas com um evento presencial (em São Paulo) ao final do processo. 

Durante todo esse tempo, rola contato com empresas incríveis, troca de experiências via webinares e acesso a conteúdos que vão te ajudar a laçar o seu emprego dos sonhos. 

No final de todas essas semanas, vai rolar um dia inteirinho com workshops, sessões de coach e entrevistas (com feedback!). 

E relaaaxa, consagrado! Esses Webinares vão ser abertos pra todo mundo <3

Ficou na vontade de participar da 3ª edição do BCE? Então clica aqui e não vacila! 

10 Dicas para desenvolver as Soft Skills

Você já ouviu falar de soft skills?  As habilidades interpessoais (inteligência emocional, para os íntimos) são características da personalidade de um profissional que demonstram como ele se comporta no ambiente de trabalho.

Diferentemente das hard skills –  as habilidades técnicas que você coloca no currículo – as soft skills são bastante subjetivas, e provar para o recrutador que você domina essas habilidades durante a entrevista pode ser uma tarefa complicada.

Quer saber mais sobre como se sair bem numa entrevista e se destacar para o recrutador? Então se liga nessas 9 dicas!

De acordo com a pesquisa realizada pelo site de recrutamento norte-americano CareerBuilder, 77% dos empregadores acreditam que as soft skills são tão importantes quanto as hard skills.

Mas e aí, o que os recrutadores buscam na personalidade do candidato durante a entrevista? Dá uma olhada:

  • Capacidade de organização e gestão de tarefas ;
  • Capacidade de trabalhar bem em equipe;
  • Capacidade de trabalhar sob pressão;
  • Flexibilidade e adaptabilidade;
  • Boa comunicação;
  • Confiabilidade;
  • Atitude positiva;
  • Autoconfiança;
  • Motivação;
  • Ética;

Nem todo mundo possui o domínio dos talentos interpessoais. Para ajudar, elaboramos 10 dicas para você desenvolver suas habilidades e conseguir aquele trampo dos sonhos!

10 dicas para desenvolver suas habilidades

1.   Tenha um objetivo claro

Quem sempre muda de ideia acaba não fazendo nada! Antes de tudo, você precisa saber o que quer e onde quer chegar com a sua vida. Encontre uma motivação que o faça levantar feliz numa segunda feira de manhã!

2.   Sinceridade e honestidade SEMPRE!

A sinceridade e a honestidade são essenciais para estabelecer relações de confiança. As mentiras têm pernas curtas, e tentar enrolar as pessoas pode não ser uma boa ideia – principalmente em uma entrevista de emprego.

3.   Veja o copo meio cheio

Conseguir manter ânimo durante momentos de turbulência é um desafio e tanto, mas permanecer otimista é uma boa forma de se condicionar positivamente. Nutrir o pensamento positivo é uma forma de motivar a si mesmo e a todos ao seu redor –  essa é uma das principais características de um bom líder!

4.   Entenda copo meio vazio

Como nem tudo são flores, existem momentos em que as coisas dão errado. E tá tudo bem admitir as falhas e os problemas! Nessas situações, o melhor a se fazer é entender que copo meio vazio também mata a sede – sempre podemos aprender com os erros.

5.   Exercite a escuta

Diferentemente do ouvir, o ato de escutar envolve a reflexão sobre a fala da outra pessoa. Exercitar a escuta permite que os diálogos fluam muito mais facilmente, possibilitando uma interação mais efetiva entre os interlocutores.

6.   Responda, não reaja

Existe uma grande diferença entre reação e resposta. Enquanto a reação é emocional e imediata, a resposta passa por um processo de racionalização emocional. Quando você atrasa a reação a um estímulo, se dá tempo de processar as emoções e responder de forma bem mais consciente!

7.   Tenha disciplina

Ter disciplina é cumprir com as responsabilidades mesmo quando bate a preguicinha – não adianta esperar a vontade cair do céu! Estabeleça uma rotina, trace metas, estipule períodos de tempo para realizá-las e lute contra a procrastinação!

Confira 5 dicas para você parar de procrastinar agora  

8.   Seja Impecável, não perfeito

Ao invés de buscar a perfeição nos seus projetos, faça o melhor que puder com as condições disponíveis – seja impecável! Além de aumentar a sua eficiência – e sua produtividade – você fica mais tranquilo caso as coisas não saiam como planejado.

9.   Se aceite, mas não se conforme!

Todo mundo tem qualidades e defeitos. Aceitar que temos pontos fracos é essencial para levar a vida de forma leve e descontraída! Apesar disso, se conformar com as próprias limitações e usar isso como desculpa para não evoluir é um convite à estagnação – na vida pessoal e profissional.

10. Finalmente: Autoconhecimento é TUDO!

O autoconhecimento é TUDO na hora de procurar um emprego! Conhecer suas habilidades, o tipo de ambiente que você curte trabalhar e os propósitos que te movem é essencial para conquistar um emprego que dê match com você.

No Bettha você encontra tudo o que precisa para embarcar na jornada do autoconhecimento! Faça gratuitamente seu Mapeamento de Perfil e descubra agora como fazer as melhores escolhas para a sua vida –  e conseguir o trampo ideal para você!

Exemplo de perfil de como o Bettha te apresenta

Por que as jornadas são importantes? Vem descobrir como o Bettha te apresenta para as empresas;

Como o Bettha te apresenta!

Nós do Bettha trabalhamos para mudar a maneira dos recrutadores selecionarem seus funcionários. Acreditamos que os talentos estão em todas as faculdades e cursos, por isso nosso foco é na capacitação e autoconhecimento.

Quando nós entregamos os perfis dos candidatos selecionados levamos em consideração os mapeamentos de perfil do genius, lifestyle, chave mestra e âncoras de carreira, as experiências já adquiridas que aparecem no complemento de cadastro, os conhecimentos específicos dos testes de Resolução de Problemas, Inglês e Excel, além das horas de conteúdos das jornadas que o candidato já fez dentro da plataforma.

Esses quatro tópicos fazem parte do seu currículo dentro do Bettha e é a maneira como a empresa te vê. Por isso é muito importante que você faça os testes, se empenhe nas jornadas e mantenha o complemento de cadastro atualizado. Afinal, você quer se destacar e conseguir a vaga dos seus sonhos, não quer?

Então, vem! Vamos juntos nessa missão de ser hoje melhor do que ontem!

Sua Primeira Jornada: https://www.bettha.com/#/journey/86/show
Chave Mestra: https://www.bettha.com/#/journey/88/show
Âncoras de Carreira: https://www.bettha.com/#/journey/24/show
Complemento de Cadastro: https://www.bettha.com/#/journey/87/show
Teste o seu Inglês: https://www.bettha.com/#/journey/25/show
Teste de Excel: https://www.bettha.com/#/journey/125/show
T.E.R.P (Teste de Eficiência na Resolução de Problemas): https://www.bettha.com/#/journey/124/show

ps.: Olha só como fica o profile, por isso, insistimos que é tããããão importante preencher tudo e ter horas de jornada!

De gênio e louco todo mundo tem um pouco…

De gênio e louco todo mundo tem um pouco, já dizia Augusto Cury. Mas, a parte do louco vou deixar pra outra conversa. Já a de gênio… ela pode dizer muito sobre você, sua carreira e o caminho que você pode traçar para se desenvolver cada vez mais.

Todo mundo é genial em alguma coisa

Eu, por exemplo, sou genial em subir em árvores, cozinhar e cuidar de aves. Por isso, sei um monte de coisa sobre elas e já fiz até vídeos ao vivo para responder perguntas. Além disso, também sou genial em organizar armários. Sou genial em puxar assunto com estranhos e em quebrar o silêncio constrangedor do elevador.

E o que isso tem a ver com a minha carreira?

Bom, por muitos anos, as pessoas achavam que pessoas inteligentes eram apenas as que tinham um pensamento lógico-matemático desenvolvido, o famoso “QI” alto. Mas a evolução do mercado, das profissões e do mundo mostrou que não é bem assim.

Então, sabe aquele músico que é muito bom? E aquela escritora que é maravilhosa? E o camarada que é o melhor vendedor da loja? E a moça do marketing que angariou milhões de seguidores com sua habilidade de se comunicar? Será que todos eles pensam lógica e matematicamente?

Tipos de inteligência

Há alguns anos, um estudioso chamado Howard Gardner (Estados Unidos, 1943), começou a se perguntar o que era, de fato, a inteligência. Dessa forma, durante seus questionamentos, ele listou cinco tipos de mentes das quais o mundo precisa para enfrentar os desafios do futuro (e esse futuro, meus caros, É AGORA).

Assim, as mentes para o futuro se tratam de arquétipos, características que todos nós temos, em maior ou menor grau. São tipos de inteligência. Então, todo mundo tem um ranking com uma ou duas características mais fortes, que são as que te destacam da multidão, que te fazem ser único, e em sequência as outras, que estão ali, mas que não são o que te faz se destacar.

Sabe aquele amigo que diz: “Fulaninho adora ajudar os outros”… “Cicrano não desiste nunca!!”…”Beltrano não perde a chance de argumentar!”

A gente sempre tem uma característica que nos destaca. Isso é inteligência e inteligência é uma fortaleza!

Por Camila Bellon

 

Esse é o meu Genius. Primeiro, ele me diz que sou genial (me destaco dos demais) em meu pragmatismo e engajamento. Vai ver que organizar armários e conversar com estranhos, ou as coisas que gosto de fazer fora de minhas obrigações rotineiras tenham a ver com o que eu sou verdadeiramente e isso reflete em minhas escolhas de carreira. Mas como?

Sabe o que esse resultado me diz? no que eu sou boa.

E sabe aquela história de “melhorar os pontos fracos”? Então, temos que melhorá-los. Mas olha aí onde eu preciso colocar meu esforço: em empresas e vagas que busquem profissionais pragmáticos e engajados, porque ninguém vai te contratar ou te promover pelos seus pontos fracos, mas sim pelos fortes!

Descubra quais são os seus pontos de destaque, use-os em seu favor e busque oportunidades em que eles vão ser valorizados!

Você pode descobrir qual é o seu genius gratuitamente no bettha. Clique aqui para acessar >> https://www.bettha.com/#/journey/86/show ou vá em www.bettha.com, e em “jornadas”, busque por “Sua primeira jornada”. Depois, comente aqui sobre seu resultado e se você se identificou com ele!

E não esqueça: se conheça melhor, use-o em seu favor e isso pode te ajudar a conquistar uma carreira de sucesso!

AUTOCONHECIMENTO: O PRIMEIRO PASSO PARA BOAS ESCOLHAS NA CARREIRA!

Aqui no Bettha temos a convicção que só com autoconhecimento é possível fazer boas escolhas. Quando falamos em se conhecer, queremos te ajudar a mapear suas vontades, sonhos, habilidades, prioridades. Saber quais atividades lhe agradam, quais ambientes fazem você render mais, o que você não abre mão, etc. Tendo certeza de suas características e tudo que o autoconhecimento te proporciona, você fica seguro para tomar decisões, isso vai desde de aceitar um novo emprego até mudar completamente de carreira.

Foi isso que o advogado e chefe de cozinha Nilson Chaves, de 34 anos, fez. Ele se formou no curso de Direito em 2006, no Rio de Janeiro. Mas, se deu conta que não se queria usar terno e gravata, revirando códigos e leis. “No final do curso eu já havia perdido o encanto pela profissão. Imaginar que teria que estar dentro de um escritório em frente a um computador não me agradava nem um pouco. Mas eu ainda tentei trabalhar na área… Foi aí que me deu mais certeza ainda que não queria continuar nessa carreira. Perdi a ambição e minhas metas se dissolveram num piscar de olhos”, lembra o carioca.

O autoconhecimento foi fundamental para deixar a paixão por cozinhar, herdada pela família, falar mais alto. “Fui pesquisando e trabalhando antes de fazer um curso ou faculdade na área, para ter certeza de que era aquilo que queria. Cresci num ambiente em que a cozinha é o melhor cômodo da casa, sempre cozinhei para os meus amigos, fazia o churrasco da galera. Essa paixão virou amor e minha profissão”, conta o chef.

Nilson arregaçou as mangas e foi à luta: após ter certeza de que gastronomia era o que queria, entrou para a melhor escola dos Estados Unidos da América, The Culinary Institute of America (CIA), de onde saíram grandes nomes da culinária mundial como Anthony Bourdain, Grant Achatz, Felipe Bronze e Thomas Troisgois. “A primeira vez que me vi dentro de uma cozinha soube o que queria fazer para o resto da minha vida!”.

Antes mesmo de concluir os dois anos estudando no CIA, o carioca já havia sido convidado para fazer parte da equipe do restaurante número um de Nova Iorque e 3 estrelas Michelin: o Le Bernardin, do Chef Eric Ripert. “Quando você sabe o que quer e tem paixão no seu coração, o que pode dar errado? Sou muito realizado e muito feliz agora fazendo o que realmente eu amo. Mesmo com intensas horas de trabalho dentro da cozinha não me vejo fazendo outra coisa”.

Por: Gabriela Abreu.