De gênio e louco todo mundo tem um pouco…

De gênio e louco todo mundo tem um pouco, já dizia Augusto Cury. Mas, a parte do louco vou deixar pra outra conversa. Já a de gênio… ela pode dizer muito sobre você, sua carreira e o caminho que você pode traçar para se desenvolver cada vez mais.

Todo mundo é genial em alguma coisa

Eu, por exemplo, sou genial em subir em árvores, cozinhar e cuidar de aves. Por isso, sei um monte de coisa sobre elas e já fiz até vídeos ao vivo para responder perguntas. Além disso, também sou genial em organizar armários. Sou genial em puxar assunto com estranhos e em quebrar o silêncio constrangedor do elevador.

E o que isso tem a ver com a minha carreira?

Bom, por muitos anos, as pessoas achavam que pessoas inteligentes eram apenas as que tinham um pensamento lógico-matemático desenvolvido, o famoso “QI” alto. Mas a evolução do mercado, das profissões e do mundo mostrou que não é bem assim.

Então, sabe aquele músico que é muito bom? E aquela escritora que é maravilhosa? E o camarada que é o melhor vendedor da loja? E a moça do marketing que angariou milhões de seguidores com sua habilidade de se comunicar? Será que todos eles pensam lógica e matematicamente?

Tipos de inteligência

Há alguns anos, um estudioso chamado Howard Gardner (Estados Unidos, 1943), começou a se perguntar o que era, de fato, a inteligência. Dessa forma, durante seus questionamentos, ele listou cinco tipos de mentes das quais o mundo precisa para enfrentar os desafios do futuro (e esse futuro, meus caros, É AGORA).

Assim, as mentes para o futuro se tratam de arquétipos, características que todos nós temos, em maior ou menor grau. São tipos de inteligência. Então, todo mundo tem um ranking com uma ou duas características mais fortes, que são as que te destacam da multidão, que te fazem ser único, e em sequência as outras, que estão ali, mas que não são o que te faz se destacar.

Sabe aquele amigo que diz: “Fulaninho adora ajudar os outros”… “Cicrano não desiste nunca!!”…”Beltrano não perde a chance de argumentar!”

A gente sempre tem uma característica que nos destaca. Isso é inteligência e inteligência é uma fortaleza!

Por Camila Bellon

 

Esse é o meu Genius. Primeiro, ele me diz que sou genial (me destaco dos demais) em meu pragmatismo e engajamento. Vai ver que organizar armários e conversar com estranhos, ou as coisas que gosto de fazer fora de minhas obrigações rotineiras tenham a ver com o que eu sou verdadeiramente e isso reflete em minhas escolhas de carreira. Mas como?

Sabe o que esse resultado me diz? no que eu sou boa.

E sabe aquela história de “melhorar os pontos fracos”? Então, temos que melhorá-los. Mas olha aí onde eu preciso colocar meu esforço: em empresas e vagas que busquem profissionais pragmáticos e engajados, porque ninguém vai te contratar ou te promover pelos seus pontos fracos, mas sim pelos fortes!

Descubra quais são os seus pontos de destaque, use-os em seu favor e busque oportunidades em que eles vão ser valorizados!

Você pode descobrir qual é o seu genius gratuitamente no bettha. Clique aqui para acessar >> https://www.bettha.com/#/journey/86/show ou vá em www.bettha.com, e em “jornadas”, busque por “Sua primeira jornada”. Depois, comente aqui sobre seu resultado e se você se identificou com ele!

E não esqueça: se conheça melhor, use-o em seu favor e isso pode te ajudar a conquistar uma carreira de sucesso!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *