7 hacks para impulsionar o seu perfil do LinkedIn

O LinkedIn está entre as maiores redes sociais do mundo, com aproximadamente 562 milhões de pessoas inscritas na plataforma. Aqui no Brasil, ela tem se tornado a nova queridinha das pessoas, desbancando até mesmo o Facebook.

Importância do perfil do LinkedIn

A elaboração do seu perfil no LinkedIn precisa ter o mesmo cuidado tido na hora de elaborar um currículo. Erros de português, dados incompletos e falta de informações sobre experiências e formações podem distanciá-lo do emprego dos sonhos. É importante considerar que, em muitos casos, o recrutador verá primeiro o seu perfil no LinkedIn para depois visualizar o seu currículo.

Clique aqui e descubra de uma vez por todas como criar um perfil de sucesso no LinkedIn!

Elaboramos um conjunto de dicas muito além do bê-a-bá! Confira agora 7 hacks para dar aquele boost no seu perfil do LinkedIn!

1. Cause impacto logo nas primeiras linhas

Somente as três primeiras linhas de um post são vistas no LinkedIn antes que o leitor clique em “visualizar mais“. Portanto, use bem esse espaço! Escreva de forma a atrair e envolver o leitor, para dar aquela vontade de clicar em “visualizar mais”.

2. Crie o título que o recrutador está buscando

Informar que você está “em busca de novos desafios” no título não o ajudará a encontrar um novo emprego, pelo contrário. Insira um título que os recrutadores realmente estejam buscando na plataforma. Para isso, você precisará dar uma estudadinha rápida no seu mercado. Dessa forma, você poderá compreender os títulos que estão sendo procurados.

Hoje em dia, muitas empresas estão usando os nomes de cargo em inglês. Um bom exemplo é o “social media” no lugar de analista de mídias sociais ou “developer” para o desenvolvedor. Logo, a busca dos recrutadores será pelos nomes dos cargos em inglês, ao invés da língua nativa.

Pesquise qual o nome do seu cargo pretendido em inglês e atualize no LinkedIn. Você poderá ser facilmente encontrado, aumentando o número de acessos ao seu perfil.

3. Produza artigos com temas que são trends

Se você quer que os seus artigos se tornem virais, aumente essa chance usando o BuzzSumo para identificar temas que são tendências no LinkedIn.

A plataforma oferece o número de engajamento de determinado tema em diversas redes sociais. Dessa forma, você poderá basear o seu artigo em temas mais relevantes ao público – o que aumentará as chances desse texto ser encontrado no LinkedIn.

4. Responda a comentários

A resposta não é só por educação! Responder os comentários é uma forma de incrementar o engajamento nas suas publicações. Isso pode aumentar as chances de ampliação do alcance do seu post, que poderá atingir cada vez mais pessoas!

5. Entenda (e use!) as #hashtags do LinkedIn

As hashtags são tópicos de grandes audiência classificados segundo área temática. Você pode ser seguidor de diversos tópicos, como de Liderança e Gestão, Empreendedorismo, Marketing e Publicidade. As Hashtags permitem que os usuários do Linkedin “escutem” os tópicos que mais importam para eles, criando um melhor engajamento em posts de interesse.

Se a sua publicação aparecer em qualquer um desses grupos, ela pode se tornar viral. Por essa razão, crie o seu conteúdo com uma hashtag específica em mente.

Alerta: não produza qualquer conteúdo apenas para aparecer! Produza textos relevantes de acordo com os interesses e a audiência do seu mercado. #vaidarcerto #forçanaperuca

6. Tempo certo no lugar certo

Segundo o LinkedIn, o melhor período para publicar conteúdo é de manhã, no horário do almoço e início da noite entre terças e quintas-feiras. As melhores horas são entre às 10h e às 11h todas as terças-feiras.

Com isso em mente, publique os seus conteúdos nos períodos certos para atingir uma audiência maior!

7. Crie um call to action

O call to action (conhecido também como CTA) é uma forma de orientar o leitor à uma ação que você espera. Você pode indicar um material para baixar ou até mesmo engajar o indivíduo a comentar na publicação.

Com base nisso, aqui vão dois toques bem importantes:

Direcione o leitor para um link – nos comentários!

O LinkedIn reduz o alcance de publicações que direcionam o público para fora da rede social. Por isso, não coloque links nas publicações, mas nos comentários! Informe no post que o link está lá. Assim, você poderá engajar o leitor sem perder a sua audiência.

Cuidado com pedidos de comentários!

Literalmente pedir por comentários fica bem feio. Por isso, peça de maneira sutil, por exemplo: “me dê dicas sobre produtividade e foco aqui nos comentários” ou “como foi a sua experiência usando o app X?” Viu como fica melhor?


Caso você queira mais dicas para dar aquele boost no seu LinkedIn, confira o depoimento viral de Josh Fechter sobre ter alcançando 25 milhões de visualizações no seu LinkedIn em 4 meses!

Bora bombar o seu perfil no LinkedIn e aumentar as chances de ser encontrado? Então não vacila! Coloque já essas dicas em prática e arrase!