Método KonMari: Como aplicar no trabalho?

Método KonMari: Como aplicar no trabalho?

O Método KonMari se tornou febre generalizada em todo o mundo. Nesse post, você vai saber como aplicá-lo no seu ambiente de trabalho – e vai descobrir de uma vez por todas aquilo que realmente te faz feliz!

Em Janeiro de 2019, estreou na Netflix a primeira temporada de Tidying Up With Marie Kondo. A série mostra a organizadora Marie Kondo ajudando famílias a organizarem os seus lares – e consequentemente suas vidas.

A série mostrou uma segunda onda de sucesso para Marie Kondo após o estouro de seu livro “A Mágica da Arrumação”. Mas, dessa vez, a febre pelo método KonMari atingiu de vez as pessoas de todo o mundo. 

O que é o método KonMari?

KonMari é um método que vai além da organização de pertences de uma casa, é um método para transformar vidas. É escolher a alegria e ter uma vida mais leve, plena e com o que faz sentido em ter e ser.

“A questão do que você quer é realmente a questão de como você quer viver sua vida.”

– Marie Kondo

Kondo orienta que a pessoa deve ficar apenas com objetos e roupas que lhe tragam alegria. Para descobrir isso, a pessoa deve pegar cada item e senti-la para responder tal pergunta. 

Se o item não lhe traz mais alegria, isso significa que já cumpriu o seu papel, sendo chegada a hora de dar a ele um novo destino – se estiver em boas condições, doar ou vender. Se não estiver, jogá-lo fora*. Entretanto, antes do descarte, é importante agradecê-lo pela alegria que ele proporcionou durante o tempo em que esteve presente. 

Método KonMari no trabalho

Se você parar para pensar, não faz sentido ter na vida coisas que não dão alegria, contentamento ou prazer. A grande questão é que essa regra também se aplica na vida profissional!

Quantas pessoas estão trabalhando em ambientes ou em profissões que não lhe dão alegria? E isso é uma das piores coisas para gerar frustração, ansiedade e até mesmo depressão.

Profissionais que tornam o ambiente divertido, mantendo o comprometimento com projetos e entregas são mais felizes e espalham alegria para seus colegas. Assim, é fato: profissionais felizes são mais produtivos do que àqueles que estão insatisfeitos. 

Chegou a hora de você aplicar o KonMari na sua vida profissional e descobrir de uma vez por todas o que te dá alegria. Vem com a gente que daremos os primeiros passos para você começar a sua jornada 🙂

Espaço de trabalho – Isso me traz alegria?

“O espaço em que vivemos deve ser para a pessoa que estamos nos tornando agora, não para a pessoa que éramos no passado.”

– Marie Kondo

A sua mesa é a sua “casa” no trabalho. Um espaço de trabalho limpo e organizado influencia diretamente na sua produtividade. Como a tarefa é tão semelhante quanto a de arrumar o ambiente de casa, você dificilmente precisará ajustar o método KonMari. Veja um guia rápido:

1. Visualize

Antes de começar a organizar, olhe para a sua mesa. Como você gostaria de se sentir em sua mesa? O que você gostaria de ter sobre ela? Visualize esse cenário.

2. Categorize

Remova tudo da sua mesa (sim, tudo) e classifique-o em categorias. As categorias podem incluir livros, carregadores, canetas, papéis e canecas, mas isso dependerá do que está em sua mesa.

3. Selecione os itens

Percorra cada item por categoria, começando com as categorias mais fáceis. Faça assim como o método KonMari prega: pegue o item e questione se aquele objeto traz alegria. Certifique-se de que cada item que você está mantendo tenha um lugar em que ele pertence em sua mesa.

4. Adeque funções

Se há algo que não desperta alegria, mas é essencial para a execução do seu trabalho, veja se há uma maneira de manter esse item de uma forma que ainda possa se alinhar ao seu espaço ideal. 

5. Doe todo o resto.

Ferramentas de trabalho – Isso me traz alegria?

“A melhor maneira de descobrir do que você realmente precisa, é se livrar daquilo que você não precisa.”

– Marie Kondo

Quais softwares e ferramentas você usa todos os dias? Ou então, quais são as ferramentas que mais geram frustração ou que você não gosta de usar? Isso inclui softwares, eletrônicos, equipamentos físicos etc. Para isso, coloque na lista tudo o que você usa para executar o seu trabalho.

Assim, se você estiver em posição de escolher os softwares e as ferramentas que a sua empresa usa, busque por ferramentas que despertem alegria para você e a equipe.

Como saber quais ferramentas de trabalho geram alegria ? 

É importante manter apenas ferramentas que farão com que você ou a equipe sejam mais eficientes em seus trabalhos. Se você trabalha em uma grande empresa, talvez haverá algumas limitações na escolha das ferramentas, mas é possível driblá-las e ter mais alegria ao usá-las considerando os três próximos tópicos:

1. Aprenda a usar as ferramentas

No mundo ideal, você só usaria ferramentas fáceis, agradáveis e intuitivas. Entretanto, se não há como substituir a ferramenta antiga, reserve uma tarde para realmente aprender a usá-la. Dessa forma, você evitará dores de cabeça. É difícil odiar uma ferramenta se você a dominar.

2. Entenda o que realmente é útil

As ferramentas da sua empresa estão lá para tornar o trabalho mais eficiente. Se elas não fazem isso, vale a pena dar esse feedback à liderança.

3. Entenda qual a causa da frustração

Se existem ferramentas que são frustrantes para você, isso pode estar ligado ao fato de que você não quer fazer esse trabalho. O que nos leva à próxima seção.

Meu trabalho – Isso me traz alegria?

“Não importa o quão maravilhosas as coisas costumavam ser, não podemos viver no passado. A alegria e a emoção que sentimos aqui e agora são mais importantes.”

– Marie Kondo

Há partes do seu trabalho que não despertam alegria para você? Se a resposta for “sim”, existem duas possíveis razões:

1- Falta de estratégia

Você se envolveu tanto na rotina que deixou de pensar em estratégias que podem fazer a diferença para os seus clientes, colegas de trabalho e para a execução do seu próprio trabalho. 

Organize a sua rotina de trabalho semanal e diaramente. Use calendário, agenda e uma ferramenta que você pode mapear todas as atividades que precisa realizar (o Trello é gratuito e cumpre muito bem o seu papel). 

Essa visibilidade dos to do’s dará maior autonomia à você. Dessa forma, você poderá planejar o seu dia, dedicando blocos de horários para executar cada tarefa, inclusive para estratégias e aprender novas habilidades.

Para mais informações sobre estratégias de produtividade, clique aqui e conheça 8 ferramentas para garantir seu foco e produtividade.

2- O seu trabalho já não te faz feliz

Se você não é mais feliz no seu trabalho, chegou a hora de seguir em frente e encontrar uma posição que tenha a ver com você

Assim, atualize o seu currículo e comece a busca. Aqui você pode dar o match perfeito em um trabalho que faça sentido para o seu perfil 😉

Por último, mas não menos importante: tenha em mente o propósito

Até agora, nos concentramos no que você faz todos os dias. Uma grande parte da alegria provocada pelo trabalho está focada no propósito pelo qual você faz isso. 

O objetivo idealmente deve gerar alegria, saúde e engajamento dentro e fora do escritório.

Por isso, comece perguntando a si mesmo o que é importante para você. Você pode listar ideias gerais, como ajudar pessoas ou aprender novas habilidades, e interesses mais específicos, como moda, viagem ou culinária.

Assim, depois de saber o que é importante para você, é hora de olhar para as listas de tarefas novamente. Dessa forma, veja como cada aspecto do seu trabalho contribui (ou não) para o seu propósito e valores. Isso pode ajudá-lo a entender por que parte do seu trabalho desperta alegria e isso potencializa para mais alegria e a manter o propósito em perspectiva.


Como vimos, o método KonMari pode ser aplicado (às vezes mediante algumas adaptações) a qualquer ambiente ou área da nossa vida. Dessa forma, é possível gerar uma transformação de dentro para fora. 

O que você quer ser? Trabalhe nisso para que você realmente seja. Afinal, a vida trata-se mais do que ser do que ter.

*Faça um descarte consciente. Verifique se no bairro da sua cidade há pontos de reciclagem ou se a prefeitura dispõe de um serviço de retirada de recicláveis semanalmente na sua rua ou bairro. O meio ambiente agradece 🙂