Placa de pare com sinais indicando "lição de casa" e "procrastinação"

Procrastinação: a verdade que ninguém te contou

Dentre tantos males do século, a procrastinação é um dos problemas que atingiram a população mundial em cheio – e é um problema recorrente dentro e fora do escritório.

A procrastinação não se trata apenas de adiar compromissos ou tarefas, mas sim, sobre adiar a própria vida. É sobre deixar de viver experiências que podem ajudá-lo a crescer, amadurecer e dar um novo rumo para a sua jornada pessoal.

A romantização da procrastinação atrapalha identificar a raiz do problema: “porque não vou fazer isso agora?”

Procrastino, não nego. Faço quando puder

A procrastinação geralmente é entendida como uma preguiça extrema. 

“Prefiro fazer vários nadas hoje, e deixar para amanhã.” Essa afirmação faz a gente acreditar que amanhã o humor e a vontade estarão mais propícios para realizar o que precisa ser feito hoje.

De fato, a procrastinação até pode ser originada da preguiça, mas nem todos os casos são assim.

Em alguns casos, a procrastinação pode ser vista como um sinal do subconsciente de que a pessoa não está pronta para assumir uma tarefa difícil ou complicada. 

Às vezes, é um sinal de que a pessoa não tem a força interior necessária naquele momento – ou não está preparada emocionalmente.

Nesses casos, pode ser sensato adiar uma tarefa difícil que está causando estresse e se concentrar em algo mais viável, enquanto as coisas se resolvem.

Atrasando o inevitável

Atrasar o inevitável, de certa forma, faz com que você pare na vida. 

Enquanto os outros estão estudando, trabalhando de forma eficiente e crescendo em suas carreiras, planejando viagens e inúmeras outras coisas, você está parado, e ficando para trás.

Seus sonhos e planos acabam ficando em segundo plano, mesmo que você não tenha consciência disso.

Arrumar a cama e lavar a louça, são tarefas que você pode adiar, mas terá de fazer em um momento ou outro, quer queira, quer não. 

E apesar dos exemplos acima serem corriqueiros e aparentemente não terem um grande impacto na realização da nossa vida, eles têm. Porque a procrastinação é um ciclo vicioso.

Hoje é a cama e a louça, amanhã podem ser seus objetivos profissionais.

Quando a procrastinação é sintoma de uma doença

A procrastinação pode mascarar problemas piores, como baixa autoestima ou até depressão. 

Nesse caso, a procrastinação é um sintoma de uma doença silenciosa e que pode gerar riscos de outras doenças físicas e emocionais.

A relação entre depressão e procrastinação é bem conhecida: quanto mais deprimida for uma pessoa, mais provável é que ela procrastine. 

Mas também é uma situação semelhante a quem nasceu primeiro: o ovo ou a galinha? Embora a depressão aumente a probabilidade de procrastinação, a procrastinação aumenta o estresse, o que, por sua vez, pode levar à depressão.

Mesmo que a depressão possa ser mais óbvia, em alguns casos, a procrastinação pode ser uma indicação para um problema subjacente. 

“A procrastinação é um dos sintomas que procuramos quando estamos avaliando o distúrbio de déficit de atenção”, diz Robert Schachter, psicólogo e assistente de professor do curso de psiquiatria da Icahn School of Medicine da Mount Sinai em Nova York. 

Se alguém se distrai facilmente, ou tem dificuldades em permanecer com uma tarefa, é natural que tenha maior probabilidade de procrastinar. 

Assim como no caso do transtorno do déficit de atenção e hiperatividade, certos traços – como a impulsividade, a distração ou a falta de organização – contribuem para a procrastinação.

Por fim, a procrastinação leva a curto prazo a irritação, comportamentos impulsivos, nervosismo, tensão, exaustão emocional, ansiedade e sentimentos de desamparo e desespero, e depressão. 

Superando a procrastinação

Conscientize-se

O primeiro passo para superar a procrastinação é a conscientização. Isso significa descobrir seus pensamentos, hábitos e a raiz desse ato de deixar tudo para depois. 

Depressão? Atente-se

Se a raiz está na depressão ou em outro problema emocional, você deve buscar ajuda médica e apoio familiar e de amigos.

Você não precisa e nem deve ficar sozinho nessa jornada. 

Depressão não é frescura e nem um “probleminha”. É uma doença e que precisa ser tratada – e tenha a certeza que você pode ser curado.

“Vou ver sobre o tratamento amanhã” é pura procrastinação. Ultrapasse essa barreira e você dê o primeiro passo essencial para a sua recuperação.


Mudar sua visão é vital

Há uma boa chance de você ter procrastinado porque a decisão ou as tarefas à sua frente parecem assustadoras. 

Estes precisam ser divididos em tarefas menores com metas mais realistas e realizáveis ​​com as quais você pode se comprometer. Um passo de cada vez, e você chegará longe.


Evite distrações

Tente evitar situações que proporcionem distrações fáceis ou perturbem seu raciocínio ou produtividade. 

Se você precisa estudar, por exemplo, agende o horário em um ambiente apropriado, longe de amigos e barulho.


Desenvolva soft skills

Soft skills são habilidades intra e interpessoais que fazem parte da inteligência emocional e que podem ajudá-lo em vários aspectos, tanto na vida pessoal como profissional.

Desenvolver as soft skills aumenta a sua capacidade de organização e gestão de tarefas, melhora a sua comunicação, te ajuda a ser mais autoconfiante e otimista.

Descubra 10 dicas para desenvolver as soft skills aqui!

Use a tecnologia a seu favor

Há inúmeras ferramentas e métodos para se tornar mais produtivo e eficiente no dia a dia. A maioria são gratuitas, intuitivas e que logo se adaptam a sua rotina.

Selecionamos 8 ferramentas para aumentar a sua produtividade.

Just do It

Da próxima vez que você se pegar dizendo “Eu posso fazer isso mais tarde”, pense no slogan da Nike. Apenas faça! 

Shia La Beouf Just Do It GIF - ShiaLaBeouf JustDoIt Motivation GIFs

A sensação que você sente quando termina algo é muito melhor do que qualquer alívio que você sinta ao adiar.


Respire

O pensamento de realizar uma determinada tarefa já te deixa ansioso? Tente isso:

  • Inspire profundamente enquanto conta cinco batimentos cardíacos (você pode verificar isso facilmente sentindo seu pulso).

  • Expire enquanto você conta cinco batimentos cardíacos.

  • Você deve notar, após cada respiração, que sua frequência cardíaca está realmente diminuindo e que você está se sentindo menos tenso. 

Agora, faça alguma coisa, não importa quão pequena ela seja. Apenas inicie algo. O próprio ato de alguma coisa irá aliviar sua ansiedade.

Mude suas expectativas

Perfeccionismo e o sentimento de que as coisas devem ser de uma certa maneira podem ser obstáculos para se vencer a procrastinação. 

Avalie se essas são apenas restrições que você está impondo a si mesmo ou se elas respaldam a realidade da situação.

Substitua pensamentos

O pensamento de falhar faz você se sentir ansioso ou prestes a querer procrastinar? 

Substitua seus pensamentos negativos de fracasso por pensamentos de seus sucessos anteriores.

Seja gentil consigo mesmo

Uma coisa importante de lembrar quando você está sem motivação é que você deve ser gentil consigo mesmo. 

Não há sentido em se punir ou ficar com raiva. Às vezes você precisa dar um passo para trás e dar-se um pouco de tempo e incentivo. Vá a algum lugar diferente, pegue um pouco de ar fresco e mude o cenário. 

Tente sair da sua negatividade pensando nas coisas pelas quais você é grato em sua vida.

Quando estiver pronto e sentir-se um pouco melhor, esforce-se para dar o primeiro passo. 

Essa é a coisa mais difícil de fazer, mas fica mais fácil depois. Pequenos passos logo se acumulam e sua crescente confiança e motivação o levarão adiante.

Vá em frente, comece agora!

Apenas comece hoje. Agora, se possível. Faça algo positivo, não importa quão pequeno seja. 

As pessoas que sofrem de procrastinação, independentemente da razão, sabem lá no fundo, que estão abrindo mão de algo. Lá na frente, isso pode ter um significado muito maior.

Não ouça suas próprias desculpas, lute contra elas e comece. Ajude-se, pois ninguém mais o fará, a não ser que você dê o primeiro passo para a superação.

Muitas vezes alimentamos a procrastinação com o nosso próprio poder negativo. Bem, deixe-a morrer de fome, e alimente a sua mente com positividade a cada dia. 

Faça as nossas jornadas de conhecimento para se conhecer a si mesmo e quebrar o ciclo de procrastinação e hábitos ruins no passado.