,

Contratação além das Universidades: O que analisar para contratar funcionários?

O que analisar para contratar bons funcionários?

O bem mais precioso que uma empresa possui são os seus colaboradores. Porém, contratar funcionários pode ser um grande desafio.

Critérios, habilidades, requisitos da vaga, especialização e outras solicitações… Isso demanda do recrutador uma visão muito mais ampla do que apenas focar na formação do candidato.

É claro que o conhecimento técnico ainda é importante. Entretanto, é um erro (às vezes fatal) contratar o candidato apenas porque se formou numa faculdade de prestígio.

Ir além dos diplomas e das experiências pode te surpreender e trazer profissionais altamente capacitados ou com grande potencial para contribuir favoravelmente com novas skills e pensamentos “fora da caixinha”.

É importante, então, que o RH tenha uma equipe com bom faro para talentos. Assim, poderá contratar funcionários que realmente se engajem com a empresa.

Indo além do currículo na hora de contratar

O que o profissional diz condiz com o currículo?

Por mais que exista o alerta para os candidatos de não mentirem no currículo ou entrevista, sempre há quem distorça informações no processo seletivo. O problema é que contratar “gato por lebre” acarreta problemas que vão desde as questões técnicas até o entre colaboradores.

A mentira tem perna curta, e possivelmente o candidato que mente deixará algo a escapar. 

Anote comportamentos, características e informações do candidato. Assim, mais tarde, será possível fazer uma boa análise, comparando as anotações com as referências obtidas.

Reações ao ser questionado sobre as últimas experiências

Se houve algum problema nas últimas experiências profissionais, o desconforto do candidato será aparente. A sua reação, expressão e vocabulário podem dar uma ideia se o problema partiu do próprio candidato ou da empresa em questão. 

A reação do candidato dará uma ideia se o que ele está falando é verdadeiro ou não. Contudo, procurar mais informações nas empresas anteriores será esclarecedor.

Identifique competências

Durante o bate-papo, é possível identificar competências que vão além do currículo. Comunicação, relacionamento interpessoal e liderança são algumas das tantas competências que podem ser mostradas no decorrer da entrevista.

Além das competências técnicas, conhecidas como hard skills, existem as competências comportamentais, chamadas de soft skills. Identificar no candidato as skills necessárias para o preenchimento da vaga é a melhor maneira de garantir a contratação ideal de funcionários.

Clique aqui e baixe nosso Guia de Avaliação de Soft Skills!

Capacidade de aprendizagem

Com a mudança frequente nas demandas do mundo VUCA, ser autodidata é uma vantagem e um diferencial para qualquer empresa. Geralmente esse profissional é mais “mão na massa”. Assim, costuma ser mais pró-ativo, não dependendo de líder ou ordens para realizar uma atividade.

Esse diferencial não necessariamente está presente no currículo. Portanto, converse bastante e identifique se as competências e conhecimentos técnicos foram adquiridos por ele mesmo.

Capacidade de adaptação

O ambiente de trabalho é dinâmico, sofrendo com as mais variadas mudanças e transformações de circunstâncias. Ser adaptável em meio a tantos altos e baixos é outro fator importante. Assim, a adaptabilidade deve ser levada em consideração na hora de contratar funcionários. 

Valores

Os valores do candidato devem ser coerentes aos valores da empresa. Caso contrário, a chance desse candidato pedir demissão caso contratado é alta. Portanto, a contratação deve ser feita de acordo com o fit cultural entre empresa e candidato.

Primeiramente, os valores precisam estar muito bem definidos na empresa. Feito isso, explicar a importância dos valores ao candidato evitará interpretações errôneas. Assim, dará clareza para que o candidato possa avaliar se ali é o lugar para ele.

Avalie o comportamento como um todo

O nervosismo e a ansiedade podem atrapalhar qualquer entrevista, mas se o candidato se atrapalhou “demais” por conta desses fatores, é importante ponderar. Se o trabalho do dia a dia coloca o profissional sob pressão, será que o candidato conseguirá aguentar? 

Pontualidade, educação e gentileza também devem ser avaliados durante a entrevista. Afinal, ele terá de lidar com outras pessoas e entregas. Se em uma entrevista o candidato não consegue ser pontual, educado e gentil, não será na rotina de trabalho que acontecerá essa mudança.

6 Dicas para Contratar Funcionários com excelência

Além da boa avaliação de um candidato, tornar o processo de contratação mais eficiente ajuda a atrair bons profissionais. Veja só essas dicas:

1 – Estabeleça o perfil da vaga

Antes de divulgar a vaga, defina o perfil do candidato juntamente com o líder da área.

Qual cargo, nível, responsabilidades e atividades que serão feitas pelo candidato?

Esse mapeamento o orientará a contratar à risca o candidato ideal tanto para a vaga como para a empresa.

2 – Descrição da vaga

A descrição deve ser completa. Quanto mais informações você der sobre a rotina de trabalho, requisitos para a vaga, remuneração e benefícios, mais chance você tem de atrair quem você está procurando.

3 – Planeje o processo seletivo

Pense em quantas etapas são necessárias para chegar até o candidato ideal. Estabeleça prazos para cada etapa.

A organização em um processo seletivo contribui para uma contratação eficiente e passa uma imagem de profissionalismo não só do RH, mas de toda a empresa.

4 – Divulgue nos lugares certos

Escolha plataformas onde são possíveis encontrar o perfil desejado e com recursos que facilitem todo o processo.

5 – Seja crítico

O currículo é o cartão de visita do candidato e o seu primeiro filtro. Seja crítico ao avaliar. Essa etapa é a que mais toma tempo, mas seja criterioso para você não perder tempo lá na frente.

6 – Seja objetivo durante a entrevista

Atualmente, entrevistas com duração de 30 a 40 minutos são suficientes para ambos se conhecerem bem. Seja objetivo, pois tanto o seu tempo como o do candidato são preciosos.

Está com pressa para contratar o funcionário ideal? Então clique aqui e conheça 7 dicas para contratar rápido!


Contratar talentos é uma arte a ser dominada que requer habilidade, bom senso e racionalidade. Contratar com base apenas o currículo é um tiro no pé, pois outras competências e habilidades podem ser deixadas de lado. 

No Bettha você encontra as melhores ferramentas para encontrar seu candidato ideal. Através de nossos mapeamentos de perfil, você identifica as características e competências mais relevantes para vaga em aberto. Assim, torna o processo seletivo da sua empresa mais eficiente e assertivo.