Endomarketing: a estratégia de engajamento dos funcionários

Endomarketing é um grupo de estratégias de marketing que se concentram no ambiente interno de uma empresa, focando em seus funcionários. Seu objetivo é engajar os funcionários para que gerem resultados.

É comum que as novas empresas concentrem seus esforços de marketing na criação de branding e serviços de publicidade para ampliar o alcance da marca e aumentar as vendas. É ainda mais comum que tais esforços nunca passem por muitas mudanças ao longo do tempo.

A grande questão é que os investimentos acabam sendo focados apenas em ações publicitárias, desconsiderando a importância de ações internas. Essas ações podem tornar a equipe feliz, produtiva e realizada, diminuindo consideravelmente o turnover. É aqui que entra o endomarketing.

Endomarketing não é um boletim interno pendurado no mural da sala de descanso da empresa. Também não são e-mails parabenizando os colaboradores, seja pelo aniversário ou por seus esforços nos últimos tempos.

As estratégias de marketing servem para vender algo; seja um produto físico, um serviço ou uma experiência. No endomarketing, por sua vez, sua equipe precisa “comprar” o conjunto de metas, valores, visão e pilares da empresa.

As atividades do endomarketing envolvem incentivos (como prêmios) ou até mesmo atividades que valorizam os funcionários. Por fim, trata-se especificamente de criar e manter um bom relacionamento da empresa com os colaboradores. Quando o relacionamento é saudável, forte e muito bem nutrido, todos os envolvidos são felizes.

Benefícios do endomarketing na sua empresa

As vantagens de uma boa ação de endomarketing são diversas. As que mais se destacam são:

  • Funcionários que buscam o aprimoramento e crescimento da empresa – o famoso “veste a camisa”;
  • Colaboradores recomendando excelentes profissionais para se juntarem à equipe;
  • Absorção mais rápida da cultura organizacional;
  • Profissionais tornam-se um “advogado” da marca;
  • Equipe feliz e produtiva.

3 pré-requisitos para um endomarketing bem sucedido

Antes de implementar estratégias de endomarketing na sua empresa, é importante considerar fatores que influenciarão no desempenho da aplicação do método.

Segundo Christian Grönroos, acadêmico finlandês especializado em marketing de relacionamento e serviços, os três principais pré-requisitos para qualquer ação de endomarketing são:

1. O endomarketing tem de ser considerado como parte integral do gerenciamento estratégico;

2. O processo de endomarketing não deve ser contra-atacado pela estrutura organizacional da empresa ou pela falta de apoio da administração;

3. A alta administração deve demonstrar constantemente um apoio ativo para o processo de endomarketing.

Dessa forma, para que a estratégia de endomarketing tenha bom desempenho, o gestor de RH deve garantir sua viabilidade através dos pré-requisitos indispensáveis para tal.

Os primeiros passos para criar ações de endomarketing

Nem sempre é fácil criar uma atividade de endomarketing. Por isso, é comum que muitos gestores de recursos humanos procurem ajuda de especialistas e agências da área. No entanto, existem formas de facilitar esse processo.:

1. Conheça seus funcionários

A princípio, é importante conhecer os funcionários da sua empresa. Converse com eles, tente entender suas necessidades, prestando atenção às suas queixas. Dessa forma, você poderá descobrir problemas que o endomarketing poderá resolver.

2. Defina os principais objetivos

Após o levantamento de informações realizadas junto aos funcionários, será mais fácil identificar as demandas da equipe. A estratégia de endomarketing, portanto, deverá ser desenvolvida com um objetivo claro em mente.

Entre os objetivos mais comuns do endomarketing, podemos destacar:

  • Motivação para os funcionários obterem melhores resultados;
  • Melhora o processo de comunicação interna;
  • Estabelecimento da lealdade do funcionário;
  • Aumento da sinergia de equipe.

3. Planeje o que você vai fazer

Nesse momento, você deverá estruturar o plano que guiará toda a sua estratégia. Para fazer isso, você precisa responder três perguntas principais: o que será feito? Por que isso será feito? Como será feito? Reunimos algumas ferramentas que poderão ser usadas na implementação da estratégia:

  • Implementação de novos canais de comunicação (intranet, TV corporativa, software especializado etc);
  • Oferecer incentivos (bônus, comissões, viagens, entre outros);
  • Realização de campanhas de conscientização.

O que motiva uma equipe é o cumprimento de promessas, boa remuneração, bom ambiente de trabalho, bônus justos e benefícios adequados ao nível de demandas dos cargos.

Alinhe as expectativas com os colaboradores e prometa apenas o que poderá ser cumprido. Se a recompensa é dar folga, alinhe quais datas poderão ser tiradas, para que a ação de endomarketing funcione plenamente, sem falhas no planejamento.

dica bettha: não use citações ou palestras motivacionais como forma de “incentivos” para animar sua equipe e trazer o resultado que você espera.

4. Meça os resultados

Por fim, é importante acompanhar os resultados alcançados. É por isso que você precisa definir indicadores-chave de desempenho. Esses indicadores funcionam de forma a mensurar os resultados de determinada atividade.

Esses indicadores são levantados através de pesquisas qualitativas e quantitativas sobre o negócio. São o melhor instrumento de baliza para o processo de tomada de decisão e mudanças na execução da implementação da estratégia de endomarketing. Veja alguns exemplos de indicadores:

  • Nível de satisfação do funcionário;
  • Quantidade de desperdício de material;
  • Retorno sobre o investimento (ROI).
  • Taxa de absenteísmo;
  • Nível de produtividade.

Depois de cada ação, pergunte aos colaboradores o que eles acharam da dinâmica e do incentivo oferecido. Assim, será possível manter o bom relacionamento com eles, corrigir falhas para as próximas ações. Além disso, mostra que a empresa se importa e está disposta a ouvir e a melhorar – isso faz toda a diferença.

5 caminhos para motivar funcionários

Os cinco caminhos para motivar os funcionários, segundo os estudos de Christian Grönroos são:

  1. Criar sentimento de orgulho coletivo da missão e valores da empresa entre os funcionários;
  2. Deixar claro para os funcionários quais suas tarefas de cada um, sua importância e métodos de medição de desempenho – além de realizar o acompanhamento dos resultados de maneira consistente;
  3. Respeitar as realizações individuais dos colaboradores e reconhecer a qualidade do seu desempenho;
  4. Dar aos funcionários liberdade pessoal e oportunidades de ganho;
  5. Oferecer sistemas de recompensa e bônus para dar apoio às realizações.

Toyota: referência em ações de endomarketing

A Toyota é referência mundial em endomarketing por entender como construir e manter relacionamentos fortes e motivadores com seu time.

Após assinarem o contrato de trabalho, os colaboradores realizam um treinamento com duração de cinco meses. O primeiro mês é dedicado ao compartilhamento da cultura Toyota; nos dois meses seguintes, os colaboradores vão às fábricas para acompanhar a produção dos carros. Os últimos dois meses consistem em visitas às concessionárias para que os colaboradores conheçam e entendam os desejos dos clientes.

Dessa forma, o novo funcionário é capacitado e motivado a ter novas ideias que possam complementar os projetos de melhorias da empresa, gerando grande engajamento. Além disso, a Toyota investe muito em treinamentos, palestras de motivação e incentivos aos projetos de seus funcionários.


Ao aplicar essas dicas, você poderá formular sua estratégia de endomarketing para obter ótimos resultados, mantendo seus funcionários felizes e motivados.

Problemas existem e sempre existirão! O segredo é como, quando e porque estamos atacando esse problema. Assim, investir em estratégias é fundamental para o crescimento de qualquer empreendimento.

Lembre-se: nunca é tarde demais para começar a aplicar essas estratégias. Da mesma forma, nenhuma equipe é pequena demais para ser conquistada.