Gamificação nas empresas: O que é e como aplicar no RH


A gamificação é o uso de técnicas de games em situações não relacionadas a jogos, como no ambiente empresarial. É muito usada em processos de recrutamento, treinamento e desenvolvimento, para manter os profissionais envolvidos com seus trabalhos e com a organização.

É comum ter profissionais que estejam menos motivados ou até totalmente desligados de suas funções – o que é extremamente prejudicial a curto e longo prazo, tanto para o time quanto para o negócio.

Sabemos que a desmotivação tem o efeito cascata: se um profissional não está feliz e motivado o suficiente, ele pode influenciar os outros integrantes do time, podendo afetar até os colaboradores mais engajados.

A chave para a gamificação é o quanto ela pode se tornar viciante entre todas as gerações de pessoas.

Karl Kapp, autor do livro Gamification of Learning & Instruction, acredita que as vantagens que fazem parte da gamificação encorajam os usuários a permanecerem engajados e a interagir uns com os outros, construindo relacionamentos mais fortes.

Muitas empresas estão usando jogos para melhorar o alinhamento da força de trabalho, aprimorar as habilidades da equipe, resolver problemas de relativa complexidade e explorar novos grupos de talentos.

Técnicas típicas de design de jogos consistem em definição de metas, competição, feedback em tempo real e recompensas.

Como funciona a gamificação?

A gamificação utiliza o sentimento de competitividade humana para nos tornar mais envolvidos e engajados. É uma maneira de ampliar o senso
de realização e nos tornar dispostos a ir além, buscando o cumprimento
de entregas, realização de programas de treinamento e incentivar a cooperação.

A medida que progredimos, o nosso envolvimento com o “jogo” aumenta, permitindo que alcancemos novos níveis de desafios.

Reunimos 4 dicas para incorporar a gamificação à estratégia de RH da sua empresa. Confira!

1. Melhorar a aquisição e gestão de talentos

Você pode facilmente transformar o processo de contratação em uma experiência gamificada, recompensando os candidatos com reconhecimentos e vantagens tangíveis a cada etapa cumprida.

Fornecer incentivos pode, além de atrair candidatos qualificados desde o início do processo, aumentar drasticamente a eficiência de integração. Assim, os candidatos são motivados a concluir várias etapas para ganhar recompensas.

Muito semelhante a uma função de vendas, as equipes de RH também podem usar a gamificação internamente para premiar os principais recrutadores e incentivar os colaboradores a indicarem candidatos.

A oportunidade de um colaborador indicar bons candidatos, torna-o mais ativo na aquisição de talentos e ajuda a aliviar parte da pressão do próprio RH.

2. Cultivar a cultura corporativa e reter funcionários valorizados

Manter os colaboradores engajados e com o sentimento de pertencimento na equipe é fundamental para a retenção de colaboradores. Por sua vez, a retenção é primordial na manutenção de ativos pessoais.

Você pode usar a gamificação para promover uma cultura corporativa positiva, recompensando os colaboradores por suas contribuições de melhoria de processos ou produtos, ou até mesmo participando de programas de voluntariado na empresa, por exemplo.

3. Motivar os colaboradores a aprender e a participar de treinamentos

Treinamentos e outros programas oferecidos pela empresa geralmente não são a prioridade para a maioria dos funcionários. Motivá-los a tirar um tempo do seu dia para concluir esses treinamento em um período de
tempo especificado pode ser um desafio.

Adicionar uma experiência de gamificação ao programa de aprendizado online pode estimular a ação. Os funcionários que ganham recompensas e reconhecimento por terem completado essas tarefas são muito mais propensos a torná-las prioridade.

4. Mapeie o caminho para uma carreira de sucesso

Não é nenhum segredo que uma boa liderança é um poderoso motivador que aos colaboradores. Usando a gamificação, o RH pode criar caminhos
de carreira transparentes e baseados na missão que mostram as etapas
que os colaboradores tomaram para subir de nível na organização.

Por exemplo: considere que o perfil de melhor vendedor de uma empresa seja capaz de completar o treinamento de reciclagem anualmente, gere relatórios de despesas dentro de uma semana de viagem, mantenha seu canal prospectivo atualizado, registre cinco novos leads a cada semana e acompanhe dois.

Ao mostrar esse perfil em uma plataforma gamificada, outros funcionários podem ver o que é preciso para se tornar o principal vendedor. Assim, oferece-se um caminho de navegação para mostrar a todos como chegar
até o topo.

A gamificação cria uma força de trabalho mais interativa, produtiva e motivadora, além de ajudar a impulsionar o comportamento desejável dos colaboradores e a melhorar a eficiência e o ROI, ao mesmo tempo em que reduz os custos de turnover.


Existem plataformas que auxiliam no desenvolvimento e estratégia da gamificação nas organizações!

O bettha usa a gamificação para promover o autoconhecimento do candidato através do mapeamento de perfil! Encontre o candidato perfeito para o perfil da vaga em aberto sua empresa 🙂

1 responder

Trackbacks & Pingbacks

  1. […] Saiba mais sobre a gamificação e como aplicá-la na sua empresa! […]

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *