6 indicadores de RH para fortalecer a sua estratégia

Reunimos os principais indicadores de RH para que sua empresa mensure seus resultados de forma concreta! Descubra a importância de cada um – e aprenda como calculá-los!

O mundo corporativo está cada vez mais competitivo e os profissionais estão cada vez mais exigentes. Assim, para que qualquer empresa atinja o sucesso, é importante medir os seus resultados. Sem a mensuração e a compreensão clara dos seus resultados, dificilmente será possível avançar de forma bem sucedida.

Achismos e estimações da realidade da empresa não são formas efetivas de mensuração. Dessa forma, para embasar um bom desempenho da equipe de RH, você precisa medir. E para medir, você precisa se utilizar dos indicadores de RH – conhecidos também como KPIs (key performance indicators ou indicadores-chave de desempenho).

O que são indicadores de RH?

Indicadores de RH são métricas estratégicas usadas para identificar como o RH está contribuindo para o restante da organização. Eles podem ser quantitativos ou qualitativos, permitindo, dessa forma, medir o grau de sucesso da área na realização da estratégia alinhada ao negócio.

Isso não significa que…

tudo o que você medir é propriamente um indicador. Somente as métricas que possuem link direto com a estratégia organizacional podem ser chamadas de indicadores de RH.

que os indicadores mostrarão a causa do problema. Na verdade, indicadores de RH tem como objetivo evidenciar fatos. Sendo assim, o RH deve coletar os dados e interpretá-los para identificar problemas e descobrir como solucioná-los.

Pode-se desenvolver vários indicadores de RH para medir a evolução de uma meta de negócios específica. Cada um desses indicadores pode ser dividido em objetivos menores, de forma a apresentar informações mais completas.

Métricas da vaidade

Métricas são formidáveis para mensurar desempenho, mas é importante que haja sabedoria na escolha dos indicadores que serão usados.

Você já deve ter ouvido falar das “métricas da vaidade”, certo? São métricas que mostram bons resultados, mas que, na prática, não são relevantes para atingir as metas de negócios da empresa.

Portanto, não adianta tornar tudo mensurável, se os dados não servem para embasar decisões, alinhar estratégias da organização e trazer melhorias para a empresa como um todo.

6 principais indicadores de RH

Existem inúmeros KPIs que podem ser utilizados, mas você deve identificar quais são mais relevantes para o negócio. Vamos listar os seis principais indicadores de RH para que você possa começar a incluí-los na sua estratégia organizacional.

1 – Rotatividade

Conhecido também como turnover, os indicadores de rotatividade mensuram o índice de entrada e saída de colaboradores. Eles mostram basicamente o sucesso do processo de recrutamento e seleção.

Saber a rotatividade da empresa orienta no processo de demissões e contratações.

Como calcular a rotatividade

Rotatividade = [(admissões + demissões) / 2] / total de colaboradores mês anterior x 100

2 – Absenteísmo

O absenteísmo é a ausência do profissional no trabalho. Essa métrica nos mostra o percentual de faltas em relação ao total de horas da carga horária do profissional.

O resultado pode indicar a saúde ocupacional, desmotivação e outros problemas.

Como calcular o absenteísmo

Absenteísmo = Horas perdidas / (Horas trabalhadas + Horas perdidas) x 100

3 – Taxa de Desligamento

Esse KPI mede as rescisões dos profissionais desligados da empresa. É importante que essa métrica possua subcategorias, pois existem diversos motivos para o desligamento, como demissão, justa causa, etc.

Como calcular a taxa de desligamento

Taxa de desligamento = (número de profissionais desligados / total de colaboradores) x 100

4 – Retorno sobre investimentos (ROI)

A sigla ROI vem do inglêsreturn on investment e identifica os lucros e prejuízos de treinamentos, novas tecnologias e consultoria, por exemplo.

Esse indicador orienta a tomada de decisões no aspecto da gestão, permitindo o planejamento de implementação de benefícios, programas de treinamento e capacitação, entre outros.

Como calcular o ROI

ROI = Retorno Obtido – Investimento realizado / Investimento realizado x 100

5 – Hora extra

Esse indicador permite entender quantas horas extras estão sendo pagas e quantas estão acumuladas no banco de horas.

O resultado ajuda a entender a capacidade de trabalho de cada profissional, sobrecarga e a efetividade (ou não) do cronograma de atividades.

Como calcular a hora extra

Horas extras = (horas extras / horas trabalhadas) x 100

6 – Índice de satisfação

Entender o nível de satisfação dos profissionais ajuda a potencializar os pontos funcionais da estratégia organizacional e a resolver possíveis problemas. Dessa forma, é possível evitar um clima tóxico que pode acabar por causar demissões.

Para calcular o índice de satisfação, é necessário, antes de qualquer cálculo, realizar três perguntas ao funcionário:

1 – Quão satisfeito você está com seu local de trabalho atual?

2 – O quanto seu local de trabalho atual satisfaz suas expectativas?

3 – Quão próximo é seu local de trabalho atual do ideal?

Essas perguntas devem ser respondidas em uma escala de 1 a 10, sendo 1 o menor e pior número.

Após o levantamento das informações, é possível fazer um cálculo mais preciso.

Como calcular o índice de satisfação

{ [ ( Soma de todas as respostas ÷ 3 ) – 1 ] ÷9 } x 100

O valor total provavelmente irá variar de 0 a 100, de acordo com as respostas dadas. O resultado ideal é o que está acima de 66 pontos. Uma pontuação menor deve ser sinal de alerta para criação de novas estratégias que possam aumentar a satisfação dos colaboradores.


O trabalho operacional de um RH consome tempo e esforço, mas é importante dedicar-se para criar e melhorar estratégias que tragam resultados mais assertivos para o negócio.

O uso de indicadores de RH deve ser o norte do seu trabalho! Assim, você poderá alavancar a área, a empresa e os profissionais que ali atuam.