5 maneiras de colocar as suas metas de diversidade para funcionar

A inovação em uma empresa não só acontece com tecnologias e outros recursos, ela também pode acontecer de um jeito inusitado: através da diversidade.

Nenhuma empresa conseguirá sobreviver em meio a transformação digital sem ter um time completo, diverso e que represente a gama de cultura e necessidades existentes mundo afora.

A diversidade está constantemente em pauta na política, na sociedade e no ambiente profissional, mas ainda carrega tabus, preconceitos e falta de entendimento por parte dos que podem verdadeiramente mudar o cenário e tornar o ambiente não só mais diverso, mas criativo.

Ter perspectivas tão distintas sobre um mesmo ângulo é algo rico e que deve ser valorizado cada vez mais no ambiente profissional.

Como então tornar realidade a diversidade na sua empresa? Aprenda com essas cinco dicas:

1 – Estabeleça um sentimento de pertencimento para todos

Para cada profissional dar o seu melhor, o sentimento de pertencer deve primeiramente ser estabelecido.

Ter uma conexão com a empresa e com o time faz com que o profissional se sinta capaz de ser ele mesmo. Isso resulta em engajamento e criatividade, e claro, em uma mente sã.

Mas essas mudanças levam tempo e nem sempre são lineares.

Também não existe uma única abordagem. Por isso é tão importante compartilhar práticas recomendadas e estar aberto para tentar coisas novas.

2 – Liderança empática é a chave

Diversidade e inclusão são frequentemente tratadas como uma única iniciativa de propriedade exclusiva do RH. Mas, para que a verdadeira mudança aconteça, todo líder individualmente precisa comprar a “briga para si”.

Somente quando toda a liderança adquire a diversidade e a inclusão, as práticas de diversidade de uma empresa prosperam.

Chame-os gestores para essa briga!

3 – Uma abordagem de cima para baixo não é suficiente

As abordagens top-down direcionam a conformidade, não o comprometimento.

De líderes seniores a colaboradores da linha de frente, todo indivíduo deve ver e entender o seu papel na cultura da empresa. Isso significa identificar diferenças na experiência e nos valores de cada um em toda a organização, para que a mudança possa ser relevante e duradoura.

4 – Maximize a alegria e a conexão, minimize o medo

As pessoas estão preparadas para reagir com medo e desconfiança quando suas crenças são desafiadas. O medo restringe perspectivas.

Encontrar maneiras de enquadrar os desafios por meio de uma lente de possibilidade – e elevar o poder de compartilhar experiências e contar histórias – cria um potencial maior para mudanças positivas.

5 – Transforme o branding da empresa

Como em qualquer esforço de transformação, marca e cultura estão intimamente ligados. Os produtos e serviços que você coloca no mundo refletem os seus valores – e também os seus preconceitos.

Na jornada rumo à construção de uma organização mais inclusiva, é importante considerar a relação entre o que está acontecendo dentro e fora da sua empresa. Qual é a sua marca dizendo sobre quem você é como cultura?

Diversidade não é apenas uma iniciativa ou um programa. Ela requer investimento do pessoal mais experiente para a pessoa mais nova na porta, e isso requer uma mudança real de comportamento.

O que você está fazendo para a diversidade ser presente na sua empresa? Conta pra gente aqui nos comentários!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *